fifteen and five eighths

Na falta de palavras pra falar da música anterior, nessa eu posso falar um bocado. Quando eu era pequeno, não conseguia imaginar que graça tinha em música instrumental. Pequeno mesmo, pivete. Comecei a tocar teclado uns anos depois, e foi quando passei a me interessar mais pela parte instrumental da música. Parece estranho pra muita gente ouvir nove minutos de uma música em que praticamente nenhuma voz acompanha, uma música sem refrão. Mas é uma experiência muito diferente de ouvir qualquer outro tipo de música, uma experiência única. Você não tem quase nada de palavras acompanhando a melodia pra se identificar, você escuta aquela sinfonia por que ela te faz sentir alguma coisa. Essa é uma das poucas bandas que conheço que ainda faz uso de alguns vocais.

A primeira banda que ouvi foi Explosions In The Sky. Até hoje ainda é a minha favorita. Entretanto, passei a conhecer muitas outras no decorrer do tempo, e tenho um carinho especial por quase todas. Sei que é muito mais difícil escrever esse tipo de música, não tenho dúvida alguma. Não dá pra ter nada menos que respeito por quem faz esse trabalho.

Aliás, é o tipo perfeito de música pra ouvir quando se está lendo. Não atrapalha em nada, e ajuda mais ainda com a imersão na história. Te isola do mundo ao seu redor.

Advertisements

Tags: , , , ,

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: